Portuguese English
**/

Cerimonia de Abertura Oficial do Ano Académico 2017

 

Sobre o papel da Universidade

A condição moderna exige a formação de empreendedores e profissionais competitivos a nível global

Esta ideia foi defendida pelo Prof. Doutor Alexandre Baia, Director Científico da Universidade Zambeze, a quando da Abertura Oficial do Ano Académico 2017, que decorreu no sábado último. O evento que reuniu a comunidade académica, membros do governo provincial e sociedade civil, tinha como tema da Aula Magna, “Universidade produzindo conhecimento científico ao serviço das empresas e da comunidade” na qual, foi citada a cooperação, o envolvimento contínuo das empresas naquilo que é o funcionamento das universidades como um dos pontos da relação entre ambos (a universidade e as empresas). 

Os académicos devem educar os estudantes que, segundo a condição moderna, não existe garantia de emprego depois da conclusão do curso, e para tal, há uma necessidade de, mais do que formar profissionais qualificados, formar empreendedores, profissionais capazes de competir com qualquer outro a nível global, acrescentou o orador.

Falando aos presentes, Juvêncio Matacate, Secretario Permanente da província de Sofala, em representação da governadora da província, desafiou a UniZambeze a continuar a promover uma formação inclusiva, de forma a garantir, cada vez mais, a aquisição das competências requeridas, e que respondam as necessidades do desenvolvimento, do país e principalmente, da sua zona de inserção. Desafio aceite pelo Magnífico Reitor da Universidade, Nobre dos Santos e que, aproveitou a ocasião para informar que, a UniZambeze já esta a dar passos largos no tocante a relação entre universidade-empresa pois, para além de formar, a sua instituição, citando alguns exemplos, tem estado a construir vínculos profundos e concretos com diversas empresas a nível regional e nacional.  

Aos estudantes, o Reitor apelou-os a trabalharem focados nos seus objectivos académicos, preservando os valores de fraternidade, igualdade, liberdade e harmonia.

Refira-se que para este ano, a Universidade Zambeze conta com cerca de 9,000 estudantes, 29 cursos de licenciatura e 13 de mestrados, número relativamente superior, se comparado ao primeiro ano de funcionamento (2009), onde tinha apenas 1035 estudantes, para 11 cursos de licenciatura.

rokettube seks izle