Construção Sustentável


Oferecido pela Universidade Zambeze, em parceria com o Instituto Politécnico de Castelo Branco, o curso pretende formar profissionais preparados para os desafios das sociedades actuais, capazes de integrar quadros do sector empresarial ou público respondendo com empreendedorismo, inovação e solidez técnica na área da sustentabilidade da construção, abarcando as vertentes da concessão e gestão sustentável, energia e, conservação e reabilitação de edifícios, planeamento e das infra-estruturas, como por exemplo, o urbanismo, o saneamento ou as vias de comunicação.

O Plano de Estudos do curso de Mestrado em Construção Sustentável, terá uma duração mínima de 4 semestres lectivos com um total de 120 créditos, sendo que as diversas unidades curriculares decorrem entre o 1º e o 3º semestre, com 5 unidades curriculares cada, sendo o 4º semestre reservado ao Trabalho de Projecto – Dissertação.

Requisitos de Acesso

  • Titulares do grau de Licenciado em Engenharia Civil/Arquitectura ou equivalente legal;
  • Titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objectivos do grau de licenciado pelo órgão científico estatutariamente competente no estabelecimento de ensino superior onde pretende ser admitido; e
  • Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional que seja reconhecido como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Técnico-Científico da FCT.

O perfil profissional do(a) pós graduado(a) em Construção Sustentável com o grau de mestre é capaz de:

  • Compreender a problemática do desenvolvimento sustentável e as suas implicações para a indústria da Construção Civil;
  • Fomentar a eficiência no uso dos recursos reduzindo os seus impactes;
  • Assegurar a utilização sustentável do património edificado;
  • Utilizar critérios, técnicas e soluções inovadoras na Construção, que privilegiem designadamente os materiais com melhor desempenho ecológico, os sistemas técnicos com maior eficiência energética, a economia da água e o desenvolvimento urbano ou os sistemas de transportes com menor impacte no consumo de energia e no ambiente; e
  • Implementar e avaliar sistemas de gestão da qualidade, da segurança e do ambiente.

Em actualização…..

Conteúdo em actualização…..